Notícias
Fique por dentro das novidades
Já conhece nossas Soluções de Tecnologia para sua Empresa ? Clique aqui
CURIOSIDADE: Como surgiu a fibra óptica

A comunicação com fibra ótica tem suas raízes nas invenções do século XIX.

Um dispositivo denominado Fotofen convertia sinais de voz em sinais óticos utilizando a luz do sol e lentes montadas em um transdutor que vibrava ao entrar em contato com o som. A fibra ótica se tornou mais prática durante os anos 60 com o surgimento das fontes de luz de estado sólido (raio lazer e os LEDs) e das fibras de vidro de alta qualidade livres de impurezas.

Os cabos de fibra óptica estão fortemente presentes em todo o nosso dia a dia, sustentam boa parte da internet, foram desenvolvidos com base na propriedade de guiamento da luz, que, por sua vez, só acontece por conta do princípio de reflexão total. Ao incidir luz sobre determinada superfície, três coisas distintas podem acontecer:


1.    A luz é absorvida;
2.    A luz é refratada, ou seja, atravessa o meio;
3.    A luz é refletida


Do que é feita a fibra óptica?

Os cabos de fibra óptica são feitas através da luz passa nesses casos é um vidro comprido, como se fosse um longo canudo, revestido por uma espécie de "espelho perfeito" que reflete absolutamente tudo que é incidido sobre ele. Assim, não importa se ele está distorcido ou mesmo curvo, pois, se há incidência de um dos lados, a luz chegará ao outro sem prejuízo.

Geralmente, os cabos de fibra óptica possuem um núcleo de vidro puro criado com base no dióxido de silício, um elemento químico encontrado em abundância na natureza. O seu revestimento também é feito a partir do mesmo composto, mas é misturado para resultar em um índice de refração menor quando comparado ao seu interior.

Para construir longos cabos de fibra óptica, um cano de vidro é utilizado em um processo complexo e caro até que se tenha a espessura de aproximadamente 1/8 de milímetro, ou seja, mais fino que um fio de cabelo. Porém, para poder cruzar oceanos e longas distâncias em diversas situações, os cabos possuem revestimentos resistentes capazes de fazer o interior sobreviver por longos períodos. 

Como os dados trafegam?

Os cabos de fibra óptica as transformam em algo que possa ser transmitido por esse meio: luz. Quando a luz pisca dentro de um cabo de fibra em certa frequência ou sequência, estamos transmitindo determinada informação. Agora imagine isso acontecendo na velocidade da luz. Não importa quantos dados precisam ser passados por meio desses cabos; eles serão "convertidos para luz" e rapidamente transmitidos até o outro lado em uma velocidade incrível.

É assim que os cabos de fibra óptica são construídos e funcionam para sustentar a internet como a conhecemos.

 

                                                                                                               Fonte: Tecmundo.com.br

 

 

Deixe seu comentário

Ops, ocorreu um erro!
Olhe os campos que estão vazios ou inválidos:

Preview do seu comentário

Seu Nome

Data de Postagem

Este é seu Comentário.