Notícias
Fique por dentro das novidades
Já conhece nossas Soluções de Tecnologia para sua Empresa ? Clique aqui
Demanda por mais e melhores softwares coloca desenvolvedores no comando

Jeff Lawson é um bom exemplo da ascensão dos desenvolvedores. Hoje, ele é CEO da queridinha da Economia da API, a Twilio, uma plataforma de nuvem que oferece serviços de telecomunicações, por intermédio de APIs, a clientes como a Home Depot e a Uber. Mas há 20 anos, ele era mais um dos muitos estudantes de ciência da computação que descobriram o poder da Internet e decidiram tentar construir aplicativos Web.

Naquela época, diz Lawson, ele fez o que qualquer outro jovem desenvolvedor com obsessão pela Web fez: baixou uma cópia ilegal do popular servidor de aplicativos ColdFusion e começou a construir. Cinco anos mais tarde, quando se tornou o CTO da StubHub, Lawson escolheu o ColdFusion novamente, porque o conhecia muitíssimo be, por dentro e por fora.

Quando a StubHub decolou, Lawson acabou comprando milhares de cópias do ColdFusion, tudo por causa de uma decisão que o transformou em um codificador neófito. "Aprendi, desde cedo, que o desenvolvedor é muito influente na determinação das ferramentas que a empresa pode usar para resolver os seus problemas", afirma o executivo.


E nessa crença reside a essência da Twilio. Seus cliente são programadores, capazes de identificar imediatamente o benefício de usar APIs de serviços de telecomunicações na nuvem em vez de criá-los e implantá-los localmente.

De acordo com a Lawson: "Quando fundamos a Twilio, em 2008, eu tinha um monte de pessoas inteligentes me dizendo que não podia construir uma empresa em torno de desenvolvedores. Simplesmente porque os desenvolvedores não controlavam o talão de cheques. Não decidiam a aquisição de tecnologia... Bem, essas pessoas estavam pensando no mundo tal como ele foi há 25 anos, quando todos os seus projetos de software custavam milhões de dólares e levavam vários anos para serem implementados".

O mundo está muito diferente agora, diz Lawson, com os desenvolvedores desfrutando de crescente influência sobre as decisões de compra de tecnologia. Estão aí as pesquisas da InfoWorld comprovando isso.

Com metodologias de Desenvolvimento Ágil e DevOps, as empresas estão muito mais inclinadas a prototipar e construir seu próprio software, com a participação direta das partes interessadas no negócio, em vez de licenciá-lo. APIs públicas, como as da Twilio, seguem esse modelo, diz Lawson.

"Estamos fornecendo os blocos de construção de infraestrutura que os desenvolvedores precisam para fazer o seu trabalho de forma mais eficaz, e para tirar pedaços de aplicações - APIs combináveis ​​- e uni-las de forma a criar soluções únicas para o problema que a empresa tem. Temos reduzido de forma tão drástica as barreiras para a adoção - você pode começar com algumas linhas de código e alguns dólares - que dá para começar a construir o protótipo já mostrando a sua potencialidade de negócio, experimentando até encontrar a solução certa para o problema que a empresa tem. Agora os desenvolvedores se tornam influentes nas decisões de tecnologia da empresa".

Essa crescente influência aconteceu naturalmente. As empresas entendem que a diferenciação passa pelo uso de mais e melhores aplicações Web e aplicativos móveis, para interagirem com os clientes e parceiros -, bem como pela constante evolução dos principais aplicativos que as tornam únicas.

O forte aumento de demanda por código, que inclui um compromisso de melhoria contínua, simplesmente não pode ser atendido se os desenvolvedores tiverem que construir a partir do zero.

APIs públicas, como aquelas ofertas Twilio, juntamente com projetos de código aberto e as plataformas de nuvem sobre a qual as aplicações são construídas, fazem parte do jogo. Quem deve escolher qual desses recursos para usar? Os desenvolvedores, que realmente trabalham com eles, e não um CIO.

Como diz Lawson, as barreiras para a adoção caíram tão baixo, que há pouco risco em tentar, digamos, um serviço de nuvem em relação a outro. E esse modelo de tentativa e erro antecipado terá um efeito importante sobre a forma como os clientes corporativos gastam seu orçamento de tecnologia.

Fonte: Computerworld

Deixe seu comentário

Ops, ocorreu um erro!
Olhe os campos que estão vazios ou inválidos:

Preview do seu comentário

Seu Nome

Data de Postagem

Este é seu Comentário.